Alunos

D. Sancho I - Comemoração dos 60 anos

Foi dia de celebração, na Escola sede do AE D. Sancho I


Dia 16 de março, comemoraram-se os 60 anos daquela que foi a primeira escola famalicense a formar quadros intermédios e, de acordo com a imprensa da época, “a maior obra de todos os tempos que o Estado fez erguer em terras de Vila Nova de Famalicão”.
O dia amanheceu ameno e soalheiro, proporcionando aos alunos o ambiente adequado à prática de diversas atividades lúdicas e radicais que se realizaram durante a manhã e que culminaram com toda a comunidade, no átrio da escola, a cantar os parabéns e a degustar uma fatia do saboroso bolo de aniversário. Entretanto, visitou-se o Museu da Ciência Cândida Madureira que ocupa uma sala de laboratório reunindo um espólio que conta, também de certa forma, a história do ensino das ciências na D. Sancho. O vereador do Desporto, Mário Passos, ex-aluno da D. Sancho, esteve presente tendo oferecido ao museu a sua tese de doutoramento em Física e Química. Até agora circunscrito à comunidade escolar, ficou no ar o desejo de poder abrir, brevemente, ao público em geral.
Pelas 17h30, no auditório, teve lugar uma sessão solene comemorativa onde tomaram a palavra a Subdiretora Helena Pereira, o Diretor, António Pinto, o Delegado Regional Norte da DGESTE, José Mesquita, a Presidente do Conselho Geral, Luísa Andrade, e o Presidente da Câmara de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, que presenteou o Agrupamento de Escolas, na pessoa do Sr. Diretor, António Pinto, e da Presidente do Conselho Geral, Luísa Andrade, com uma salva de prata. Foi apresentado o livro comemorativo, 60 anos de Testemunhos, e distribuído um exemplar por todos os convidados. Uma medalha alusiva à efeméride, especialmente cunhada para o efeito, foi entregue a algumas das personalidades presentes.
Ao início da noite, houve o descerramento da placa comemorativa e bênção da escola pelo Exmo. Rev.º Arcebispo da Arquidiocese de Braga, D. Jorge Ortiga, a que se seguiu um Porto d’ Honra, servido pelos alunos da turma finalista de Serviços de Restauração.
Mais tarde, às 20h, teve início o jantar comemorativo, confecionado e servido pelas três turmas do Curso de Técnico de Restauração. A sala do aluno, admiravelmente decorada com objetos da época, muitos deles pertencentes à escola, foi o cenário de momentos de alegre convívio, abrilhantado por danças de salão protagonizadas pelos pares Gabriela e Tomás e Sara e Telmo, e um medley de música da década de 60 pela voz da Animadora Carina Silva, acompanhada ao piano por um aluno da nossa escola, Luís Marques.

Comentar


Código de segurança
Atualizar