Alunos

Visita de estudo às Grutas da Moeda, Monumento Natural das Pegadas dos Dinossauros, Castelo Branco, Termas de Monfortinho e Penha Garcia

Foi com grande expectativa que, no dia 18 de março, os alunos do 11º ano de Biologia e Geologia da Escola D. Sancho I partiram em direção a geossítios de interesse geológico, com o objetivo de apreender, in loco, os conteúdos programáticos.

A saída da Escola deu-se por volta das 7h e 30m com destino a Fátima, onde se separaram os dois autocarros: um com destino ao Centro de Interpretação Científico Ambiental (CICA)/Grutas da Moeda, em S. Mamede e outro com destino à Pedreira do Galinha, em Ourém.
Nas grutas foi possível observar vários espeleotemas (geoformas calcárias de origem quimiogénica), como estalactites, estalagmites e colunas. No CICA os alunos visualizaram um filme sobre a génese do maciço calcário estremenho e a formação das grutas, após o qual foi dinamizada uma atividade para aplicação dos conhecimentos adquiridos. Os alunos observaram ainda uma grande diversidade de minerais e fósseis e assistiram a um pequeno filme sobre os modos de extração/transformação da rocha calcária e respetivas aplicações.
Na Pedreira do Galinha, depois de visualizarem um filme, os alunos encetaram uma caminhada de observação do "jardim jurássico", o que lhes permitiu conhecer o mais extenso registo, a nível mundial, da presença de dinossáurios saurópodes, testemunho da existência dos maiores animais terrestres conhecidos, que viveram há 175 milhões de anos.
Durante a tarde cada grupo realizou a parte da visita que não tinha sido efetuada de manhã.
Antes de terminar o dia em Termas de Monfortinho, lugar onde pernoitariam, os alunos ainda fizeram uma breve paragem para jantar em Castelo Branco.
No dia seguinte, os alunos foram novamente divididos em dois grupos.
O primeiro grupo percorreu a pé as ruas estreitas entre as casas da aldeia de Penha Garcia, conhecidas por serem as mais antigas construídas em quartzito. Em seguida, subiram ao Castelo Templário, datada do século XIII, aproveitando para contemplar a paisagem de Penha Garcia, enquanto o guia ia explicando a história geológica da região, vigiados ao longe pelo imponente inselberg granítico de Monsanto.
A descida ao vale do rio Ponsul foi uma verdadeira viagem no tempo: as rochas contêm fósseis de Cruzianas (pistas de alimentação de trilobites), o que permitiu aos alunos recuar 480 Milhões de Anos (Ma) no tempo. O grupo visitou a "Casa dos Fósseis" e explorou os moinhos de rodízio, que em tempos idos foram o ganha-pão dos moleiros da aldeia.
O segundo grupo fez uma visita guiada às termas de Monfortinho, na qual os alunos ficaram a conhecer os caracteres distintivos destas águas relativamente a outras termas do país e a sua aplicação no campo terapêutico e no bem-estar das pessoas que as procuram.
De tarde, cada grupo realizou a parte da visita que não tinha sido efetuada de manhã.
Para além dos conhecimentos adquiridos, o envolvimento dos alunos, o convívio entre eles e a alegria demonstrada permitem atestar a importância do trabalho de campo em geral e desta visita de estudo em especial para o sucesso escolar.

VEja mais fotos da visita aqui.

Comentários   

 
0 #1 cristina mzaria delg 13-05-2015 19:05
grupo do Bombarral 50+ tivemos aqui hoje
13 de maio de 2015
gostamos imenso
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Atualizar